Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Andradas / MG

Você está aqui: Home / Colunistas / Engenharia, Agronomia e Arquitetura / Estádios sustentáveis

ASSEA



Profissão:
Engenheiros, Agrônomos e Arquitetos
banner Colunista

Outros Colunistas

banner Colunista banner Colunista banner Colunista
Atualizado


Estádios sustentáveis

O esporte mexe com a paixão das pessoas de maneira ímpar e o futebol, como esporte mais popular do planeta, atrai a atenção de milhões de fãs e curiosos.


Toda essa mobilização em torno do jogo movimenta bilhões de dólares por ano e faz com que toda a estrutura desse espetáculo seja grandiosa, desde a qualidade técnica dos jogadores até a movimentação de mídia e qualidade das instalações que sediam as partidas de futebol.


Nesse contexto, percebe-se que os estádios viram templos para as equipes e suas torcidas e têm instalações cada vez mais glamourosas, seja nas dimensões, no conforto ou no luxo.


No entanto, o mundo vive uma transformação na maneira de lidar com o meio ambiente, e a sustentabilidade passou a ser item obrigatório em qualquer empreendimento.


Assim, as novas arenas já vêm sendo planejadas para atender uma série de critérios de cuidados com o meio ambiente e soluções que resolvam de forma sustentável desde a destinação adequada de resíduos e o uso de água até a enorme demanda de energia elétrica.


Dentre várias atitudes tomadas para se tornar a construção dos novos estádios mais sustentável, podemos destacar algumas:


Geração de energia elétrica:


Desde os holofotes do gramado às colossais estruturas de mídia construídas nos estádios que hospedam grandes decisões, passando pelos vestiários, camarotes e áreas de transito, um estádio de futebol demanda quantidade enorme de energia elétrica. Por isso, dentre todas as soluções sustentáveis que podem ser aplicadas a um estádio, a energia solar fotovoltaica se destaca. A opção pela utilização de painéis solares tem grande impacto na geração de uma energia limpa e ainda oferece um retorno financeiro ao estádio, trazendo uma considerável economia no custo operacional pela geração de sua própria energia.


O World Games Stadium, em Taiwan é um exemplo dessa utilização. Com 9 mil painéis solares, ele consegue gerar 75% da eletricidade necessária em dias de eventos. Além disso, abastece 80% dos prédios vizinhos a ele em dias que não há competições.


No Brasil, temos alguns exemplos de estádios construídos ou reformados para a Copa do Mundo de 2014 que seguiram essa tendência e hoje geram sua própria energia através de painéis solares fotovoltaicos:


O estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, que possui um sistema com potência instalada de 1,42 MWp; estádio Pituaçu, em Salvador, com capacidade instalada de 400 kWp, a Arena Pernambuco, em Recife, com 1 MWp de capacidade instalada; o estádio do Maracanã com 400 kWp e o estádio Mané Garrincha, em Brasília, que além de possuir um sistema capaz de gerar 3GWh/ano, possui outros atributos sustentáveis, como a aposta em um projeto que permite a ventilação natural e um sistema de reaproveitamento da água de chuva.


Menor utilização de aço na estrutura do estádio:


Artimanhas podem ser usadas para diminuir o número de aço utilizado na obra. Alternativas como o estudo do terreno onde será levantado o estádio, permitindo que se utilize um terreno em declive para tal, oferecendo apoio natural à estrutura. Ou à exemplo do estádio AAMI Park, em Melbourne, que foi projetado para gastar 50% menos aço, utilizando vidro intercalando as partes metálicas. Assim também aproveitando maior incidência de luz natural.


Reaproveitamento da água:


O mesmo AAMI Park, na Austrália, a exemplo do Mané Garrincha, em Brasília, utiliza um sistema de captação de água da chuva para o abastecimento interno, gerando uma economia de 500 mil galões de água a cada ano.


Além das destacadas, outras ações como a utilização de compostos reciclados ou reutilizados e a implantação de tetos verdes que visam ajudar a manter o conforto térmico e a umidade do ar vêm sendo cada vez mais comumente empregados na construção de empreendimentos pelo mundo.


E cada vez mais teremos a oportunidade de nos deparar com soluções como essas em construções de todos os portes, seja em estádios, bairros planejados ou em residências familiares.


Com tantas iniciativas sustentáveis, as construções inteligentes ganham cada vez mais atenção e admiração ao redor do mundo.


 


Colunista: Engenheiro Eletricista Lucas Barros Pontes


 



Fonte: http://nordensolar.com.br/estadios-sustentaveis/ acesso em 06/07/2017 - Autor : André Justos Stivanin

Deixe seu comentário

Você está em Andradas / MG
Portal Andradas
Unidade Andradas, MG


RR Serviços de Informação na Internet Ltda. - ME - 17.373.881/0001-99
© 2008-2017 Copyright Franquia Portal da Cidade ®