Portal da Cidade Andradas

CONSCIENTIZAÇÃO

"Semana de Combate à Violência Contra a Mulher" termina nesta sexta

Palestras educativas para estudantes de Andradas encerram as atividades na cidade

Postado em 29/11/2019 às 14:30 |

Semana teve diversas ações em Andradas (Foto: ACS/Prefeitura de Andradas)

Termina nesta sexta-feira, 29, em Andradas, a "Semana de Combate à Violência Contra a Mulher". Palestras educativas para estudantes andradenses encerram as atividades na cidade.

Durante toda a semana Andradas recebeu diversas ações em referência ao "Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher", celebrado no dia 25 de novembro. Entre as atividades desenvolvidas na cidade estiveram blitz educativa com a participação de agentes comunitários de saúde e o efetivo feminino das forças de segurança do município, palestras no plenário da Câmara Municipal sobre a causa feminista e legislação de proteção à mulher, além de palestras educativas nas escolas.

Nesta sexta, para encerrar a "Semana de Combate à Violência Contra a Mulher", novamente a rede pública de ensino terá a realização de palestras educativas para a conscientização dos alunos.

ENTENDA A ORIGEM DA DATA - A data surgiu em decorrência do Dia Latino-americano de Não Violência Contra a Mulher, que foi criada durante o Primeiro Encontro Feminista Latino-Americano e Caribenho de 1981, realizado em Bogotá, Colômbia. O 25 de novembro foi escolhido em homenagem às irmãs Patria, María Teresa e Minerva Maribal, que foram violentamente torturadas e assassinadas nesta mesma data, em 1960, a mando do ditador da República Dominicana Rafael Trujillo. As irmãs dominicanas eram conhecidas por "Las Mariposas" e lutavam por melhores condições de vida na República Dominicana.

A Organização das Nações Unidas (ONU), desde 1999, reconhece a data como o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, com o objetivo de alertar a sociedade sobre os casos de violência e maus tratos contra as mulheres. A violência física, psicológica e o assédio sexual são alguns exemplos desses maus tratos.

Fonte:

Deixe seu comentário