Portal da Cidade Andradas

INSPIRAÇÃO

Anderson Martins, Almir Sater e a Viola Caipira como produto dessa influência

O cantor andradense contou ao Portal da Cidade sobre sua admiração pela obra de Almir Sater

Postado em 03/09/2018 às 13:23 |

Anderson Martins e a viola caipira (Foto: Arquivo pessoal)

Anderson Martins diz que Almir Sater é a sua inspiração para tocar a viola caipira, como conta o cantor: O ano de 2010 marcou o meu primeiro contato com a viola caipira. No ano seguinte, toquei com ela no Festival Teddy Vieira, mas acabei que a deixei em segundo plano pelos anos que se seguiram.

No ano de 2016, durante a gravação do meu álbum “Girando”, eu retomei minha afeição pelo instrumento. Passei a ouvir os violeiros, e cada vez me identificava mais com a ‘viola’ e menos com o ‘caipira’.

Foi nesta época que o grande Almir Sater entrou na minha vida (no sentido figurado, é claro), a cada composição sua que eu ouvia, mas fazia sentido o que eu era. Quem vê este artista de longe e não acompanha o seu trabalho, acaba definindo-o como sertanejo, mas o cara é rock’n’roll.

Isso me instigou a querer entender como aquilo se dava, quais as suas técnicas com a viola e como ele alcançava a maestria com aquele instrumento. Foi neste momento que eu percebi que não havia um conceito definido para o que eu era, mas que existiam grandes figuras – como o próprio Almir Sater - que produziam a partir dessa imprecisão.

Hoje, posso dizer que é graças a este grande artista que eu sei quem eu sou. Há alguns meses, fui até Pouso Alegre para buscar a viola de três bocas que pedi ao Seu Luiz Armando que me fizesse. O modelo foi inspirado na viola que o próprio Almir Sater usa, um pequeno gesto que explica a admiração que cultivo por esse artista.

Deixo aqui uma sugestão: ouçam um dos últimos trabalhos do Almir Sater, o álbum “Ar” feito em conjunto com o grande Renato Teixeira, trata-se de uma obra-prima.

Fonte:

Deixe seu comentário