Portal da Cidade Andradas

NA JUSTIÇA

Júri desqualifica tentativa de homicídio e réu é condenado por lesão corporal

Acusado de agredir a companheira com golpes de faca em Andradas foi condenado a um ano de prisão

Postado em 08/04/2019 às 12:42 |

Homem era acusado de tentar matar a companheira (Foto: mapio.net)

Um homem acusado de tentar matar a companheira em julho de 2018 foi condenado pelo Tribunal do Júri, em Andradas, por lesão corporal. Jurados entenderam que autor não devia responder por tentativa de homicídio.

O julgamento aconteceu na última sexta-feira. O réu respondia por tentativa de homicídio contra a própria companheira ocorrida na Vila Santa Rita no dia 17 de julho de 2018. Na ocasião, o homem teria chegado em casa embriagado e desferido dois golpes de faca contra a mulher. Momentos após a agressão, ele acabou preso em um bar.

A defesa do réu alegava que a vítima e a mãe dela poderiam ter evitado a agressão e que havia divergências nos laudos médicos da vítima. Além disso, a defesa sustentou que o autor teria agido sob violenta emoção para defender a própria honra, solicitando que o crime fosse qualificado como lesão corporal leve e não tentativa de homicídio. Por outro lado, o Ministério Público sustentou a tese de que o autor teria agido por motivo fútil e pedia condenação por tentativa de homicídio.

Após os depoimentos e apresentação dos fatos, um júri formado por quatro homens e três mulheres decidiu pela condenação por lesão corporal grave. Com a decisão, o réu foi condenado a um ano de prisão. Ele já poderá deixar a prisão, mas fica proibido de se aproximar da ex-mulher e da filha do casal.


Fonte:

Deixe seu comentário