Portal da Cidade Andradas

PERIGO

Moradora de Andradas relata ter sido atingida no pescoço por linha de pipa

Mulher afirma que estava no Jardim Vitória quando sentiu a linha

Postado em 30/06/2020 às 14:00 |

“Confesso que o susto foi grande”, diz a andradense (Foto: Redes Sociais)

Uma moradora da cidade relatou nessa terça-feira, 30, através das redes sociais ter sido atingida por uma linha de pipa no pescoço no momento em que saía do Jardim Vitória, em Andradas. Vítima diz que “susto foi grande” e que “por Deus não aconteceu algo pior”.

De acordo com o relato da mulher, a linha de pipa enroscou em seu pescoço, causando uma leve lesão. Ela ainda pede que sejam tomadas providências quanto a fiscalizações em relação às pessoas que soltam pipas utilizando linhas cortantes.

Confira o relato na íntegra da vítima:

Quem me conhece sabe que não gosto de vir nesse espaço fazer qualquer tipo de lamentação ou reclamação, mas não poderia de deixar um alerta.

Hoje ao sair para ir ao trabalho, saindo pela pista do Jardim Vitória uma "linha de pipa" enroscou em meu pescoço e acredito que por Deus não aconteceu algo pior.

Confesso que o susto foi grande.

Não pude registrar um boletim de ocorrência por não estar os responsáveis no local.

O que posso fazer é deixar minha indignação, e pedir que os setores responsáveis reforcem a fiscalização e coíbam esse tipo de lazer.

CRIME

O uso das linhas cortantes é proibido por lei estadual em Minas Gerais desde 2002. Uma lei federal de 1990 também define a venda ou exposição de linhas como o cerol como crime, prevendo multa e detenção de dois a cinco anos.

Fonte:

Receba as notícias de Andradas no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário