Portal da Cidade Andradas

VÁRIAS AÇÕES

Polícia Militar prende três foragidos da justiça em Andradas

Um dos presos tentou resistir à ação dos policiais no momento da abordagem

Postado em 02/06/2020 às 11:00 |

Autores foram presos no centro, Jardim Muterle e Jardim Rio Negro (Foto: Portal da Cidade)

A Polícia Militar prendeu na última segunda-feira, 1º de junho, três foragidos da justiça. Autores foram presos no centro, Jardim Muterle e Jardim Rio Negro e um deles tentou resistir à ação dos policiais no momento da abordagem.

Segundo a PM, por volta das 14h um homem 44 anos teria feito gestos obscenos e xingado um policial militar na Praça 22 de Fevereiro, no centro da cidade. Foi dada ordem de parada ao veículo e realizadas buscas pessoal e veicular. Ao consultarem o sistema informatizado, militares constataram haver um mandado de prisão em desfavor do autor. No momento da prisão, o autor tentou resistir, agredindo os policiais, e foi necessário o uso de força e algemas para contê-lo.

Já na Avenida Araci Martins Trevisan, no Jardim Rio Negro, durante a realização de uma visita a uma vítima de violência doméstica os policiais se depararam com um homem de 26 anos, e em consulta ao sistema informatizado verificaram que este também possuía um mandado de prisão em seu nome referente à prática de crimes de tráfico ilícito e uso indevido de drogas.

Por fim, já durante a noite, por volta das 21h, militares abordaram um lavrador de 38 anos na Rua São José, no Jardim Muterle, e atestaram via sistema informatizado haver um mandado de prisão por inadimplência de pensão alimentícia.

Os três autores foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.



Receba as notícias através do grupo oficial do Portal da Cidade Andradas no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 📲 Participe: http://bit.ly/3dbPoJ3 👈

Faça parte também das nossas redes sociais: Facebook e Instagram.

Fonte:

Receba as notícias de Andradas no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário