Portal da Cidade Andradas

JÁ SÃO TRÊS EM 2021

Dois novos casos de raiva animal são registrados em Andradas

Cidade já soma três casos da doença confirmados ao longo de 2021

Publicado em 01/12/2021 às 12:00 |

Cidade já soma três casos da doença confirmados ao longo de 2021 (Foto: Pixabay)

Na última semana, o Núcleo de Controle de Zoonoses de Andradas confirmou dois novos casos de raiva animal no município. Com as novas confirmações, a cidade chega a três casos da doença em 2021.

O primeiro caso de raiva animal contabilizado em Andradas ocorreu em agosto deste ano. Os três casos registrados no município foram verificados em equinos.

A responsável pelo Núcleo de Controle de Zoonoses de Andradas, a veterinária Jéssica Cristiane Bertoni, afirma que os membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável já haviam sido alertados sobre os riscos da enfermidade, não apenas aos animais, como também aos seres humanos.

“No caso da raiva, a melhor solução é prevenir; e a prevenção é a vacina. A doença tem uma evolução drástica e letal, além dos prejuízos que causa, devido à perda de animais e os custos com terapias medicamentosas após a exposição. Infelizmente, foi constatada a morte de mais dois animais esse ano, novamente equinos, por conta da enfermidade em Andradas”, explica a profissional.

A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, quase sempre fatal, que acomete mamíferos, inclusive o homem. É transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente, por meio da mordedura, podendo ser transmitida também pela arranhadura e/ou lambedura desses animais.

No caso de agressão por parte de algum animal, a assistência médica deve ser procurada o mais rápido possível para prescrição do esquema de profilaxia da raiva humana (vacina e/ou soro) e, quando possível, observar o animal por 10 dias para ver se ele manifesta doença ou morre.

Prevenção

A vacinação anual de animais (cães, gatos, bovinos e equinos) é eficaz na prevenção da Raiva nesses animais, o que consequentemente previne também a raiva humana.

Cuidados

Deve-se sempre evitar de se aproximar de cães e gatos sem donos, não mexer ou tocá-los quando estiverem se alimentando, com crias ou mesmo dormindo e nunca tocar em morcegos ou outros animais silvestres.

Fonte:

Receba as notícias de Andradas no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias