Portal da Cidade Andradas

MUDANÇAS

Municípios assinam Termo de Compromisso com Projeto de Regionalização da Saúde

Trabalho desenvolvido na região servirá de modelo para aplicação em outras localidades do Brasil

Postado em 09/10/2019 às 14:00 |

Evento de assinatura teve 95 municípios da região Sudeste de Minas (Foto: ACS/Prefeitura de Poços de Caldas)

Com a presença de representantes de 95 municípios da região Sudeste de Minas, Poços sediou o I Encontro de Pactuação do Projeto "Fortalecimento dos Processos de Governança, Organização e Integração da Rede de Atenção à Saúde – Regionalização". Realizado na última sexta, 4, no Cenacon, o evento é considerado um momento histórico, especialmente por quem atua na área da Saúde.

Na ocasião, foi lançado o projeto do Ministério da Saúde, Hospital Alemão Oswaldo Cruz – HAOC, Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde – CONASEMS e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais – COSEMS MG. “Os secretários de Saúde de cada município são quem sabem e vivem as dificuldades. O SUS é o único programa no mundo que oferece saúde a todos. Precisamos repensar a saúde, precisamos repensar o SUS, por isso este projeto que começa agora, visa apoiar os municípios para o fortalecimento e o aumento do protagonismo nos processos de planejamento, governança e operação das redes de atenção à saúde”, declarou Nídia Souza, gerente de projetos do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Cerca de 250 pessoas, entre prefeitos, secretários municipais de saúde, representantes de consórcios de saúde e de superintendências regionais de saúde, participaram do evento. “Temos o desafio da quantidade que é 153 municípios nesta região denominada Macrossul, mas a casa cheia aqui em Poços de Caldas mostra a disposição que todos nós temos para avançar neste trabalho”, discursou Ricardo Assis Dutra, representante da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais.

“Temos 150 milhões de pessoas que dependem exclusivamente do SUS. Os outros 50 milhões de pessoas que dizem não depender do SUS por ter plano de saúde se esquecem que se precisarem de um socorro, é o SAMU quem vai. Se esquecem que o SUS está presente em toda a cadeia produtiva da Saúde. Precisamos rediscutir tudo isso”, disse Mauro Junqueira, secretário executivo do CONASEMS.

“É um trabalho que servirá de modelo para o Brasil inteiro. Estamos levando as discussões a outro patamar. Minas Gerais, com 853 municípios, tem o tamanho de um país, o que torna a discussão da regionalização, um desafio para consolidar tudo o que a gente já discute e fazer desta, uma das mais importantes regiões, não só do Estado, mas do Brasil”, declarou o presidente do COSEMS MG, Eduardo Luiz da Silva.

Além da região Sudeste de Minas, o projeto será desenvolvido em outras cinco regiões do Brasil: Norte, Centro-Oeste, Sul, Nordeste 1 e Nordeste 2. A previsão é que ele seja finalizado em dezembro de 2020. Os municípios têm até o dia 23 de outubro para formalizar a indicação dos profissionais que participarão do Grupo de Trabalho. Está prevista a realização de quatro oficinas e de um encontro de monitoramento. O objetivo é a sistematização de um Documento Norteador, a elaboração de um Painel de Indicadores e a construção de um Documento com Referencial Metodológico.

Fonte:

Deixe seu comentário