Portal da Cidade Andradas

SAÚDE

SES-MG divulga resultados parciais do LIRAa/LIA de outubro

Andradas aparece na lista de cidades classificadas quanto ao risco da ocorrência de epidemias

Postado em 08/11/2019 às 13:00 |

Andradas aparece com índice 1,3% no levantamento (Foto: Portal da Cidade)

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou a parcial do Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) e o Levantamento de Índice Amostral (LIA) referentes ao mês de outubro. Andradas aparece na lista de cidades classificadas quanto ao risco da ocorrência de epidemias.

Os métodos de amostragem e mapeamento dos índices de infestação por Aedes aegypti e Aedes albopictus foram realizados no mês de outubro, quando 803 municípios enviaram informações, dos quais: 15 (2%) estão em situação de risco para ocorrência de surto, 242 (30%) estão em situação de alerta e 546 (68%) em situação satisfatória.

Os criadouros do Aedes foram agrupados em depósitos de água, depósitos domiciliares e lixo. Andradas atestou positivo para criadouros domiciliares e em lixo, mas negativo em água. A cidade apresentou um nível 1,3% no índice, o que a classifica como em situação de "Alerta".

Em relação a outras cidades próximas, Andradas está acima da média, empatando com Ibitiúra de Minas (1,3%), mas ficado atrás de Poços de Caldas (0,3%) e Caldas (0%). O município de Uruana de Minas, 7,3%, é o de maior risco de epidemia no estado. Já a capital Mineira, Belo Horizonte, apresenta índice de 0,5%.

Pra que serve e como funciona? O levantamento de índice do Aedes é considerado importante pois permite categorizar os municípios quanto ao risco da ocorrência de epidemias e também identificar as localidades mais críticas e os depósitos predominantes. Os índices até 0,9% indicam condições satisfatórias, entre 1% e 3,9%, situação de alerta e índices superiores a 4%, risco de surto.

Fonte:

Deixe seu comentário