Portal da Cidade Andradas

ROTATIVIDADE

Zona Azul deve entrar em operação em Andradas dentro de 60 dias

Valor máximo para estacionar em determinadas áreas deve chegar aos R$ 2,50 por hora

Postado em 22/08/2019 às 16:00 |

Zona Azul terá áreas com preços e tempo de permanência distintos (Foto: Portal da Cidade)

Dentro de 60 dias Andradas deverá ter o serviço de Zona Azul em operação. O estacionamento rotativo será implantado em áreas de grande movimento e terá regiões com preços e tempo de permanência distintos.

De acordo com a secretária de Governo, Segurança Pública e Defesa do Cidadão, Vivian Caldas Magalhães Franco, em entrevista à Rádio Vinícola, a Prefeitura de Andradas prepara últimos detalhes para implantação da Zona Azul na cidade atendendo a uma reivindicação dos moradores.

Segundo a secretária, a implantação do estacionamento rotativo foi pensada para organização do espaço e para viabilizar fluxo e a mobilidade. "Os serviços estão concentrados na área central e por isso se faz necessário esse tipo e estacionamento para rotatividade maior e todos consigam chegar aos estabelecimentos comerciais", afirmou.

Para a implantação da Zona Azul foram realizados estudos a fim de adequar o serviço às necessidades do município. Na última semana, a empresa vencedora do processo licitatório esteve na cidade para apresentar a uma comissão o sistema. Agora, dentro de cerca de 60 dias estará implantada no município.

Em Andradas, as áreas escolhidas, segundo a administração, são as que realmente necessitam da implantação pelo grande fluxo de veículos. A Zona Azul vai ser implantada em etapas. Inicialmente serão duas áreas, uma de 1 hora e uma de duas horas de permanência. Conforme a secretária, caso veículos migrem para vias próximas e ocasionem problemas também nessas áreas o Zona Azul poderá ser ampliada.

No primeiro momento o estacionamento rotativo será implantado nas ruas Major Bonifácio, Coronel Oliveira, Coronel Eduardo Amaral, Avenida Dr. Bias Fortes e alguns braços dessas vias.

Em relação aos preços, a secretária afirmou que após estudos ficou estabelecido que o valor máximo deve ser próximo a R$ 2,50 a hora, com diferenças por áreas, para carros e motos, além de vagas especiais. Quem não pagar o bilhete da Zona Azul receberá uma notificação e caso esta não seja regularizada, o proprietário do veículo será multado.

Fonte:

Deixe seu comentário