Portal da Cidade Andradas

DA UVA AO VINHO

Dois em um: Campino e Casa Geraldo elevam qualidade do vinho andradense

Uma das mais jovens vinícolas de Andradas aposta em vinhos finos que têm rendido prêmios

Postado em 01/07/2019 às 00:04 |

Casa Geraldo e Campino recebem turistas em Complexo Enogastronômico (Foto: Portal da Cidade)

Mil novecentos e sessenta e oito é o ano da fundação. De origem bem mais recente quando comparada a outras vinícolas de Andradas, a Vinhos Campino e Casa Geraldo teve início com o descendente de italianos Geraldo Marcon, que adquiriu a Fazenda São Geraldo e o Sítio Bom Fim, onde passou a cultivar uvas para produção de vinhos.


Carlos Marcon é o responsável pelo desenvolvimento dos vinhos (Foto: Portal da Cidade)

Desde então, a família tem se dedicado à elaboração de vinhos, em um trabalho transmitido de geração a geração. "Nossa história começou com meus bisavós e depois meu avô, Geraldo Marcon, que fundou outras duas vinícolas na cidade como sócio e depois fundou essa vinícola pra ele. Depois veio meu pai, Luiz Carlos, e deu continuidade ao trabalho do meu avô até 2010. Depois disso ele saiu da empresa e a nova geração, eu e meus irmãos Michel e Luiz, viemos a administrar a empresa. Somos a quarta geração indo pra quinta com minhas filhas já", conta um dos proprietários da vinícola, Carlos Marcon.

Inicialmente com uma produção para vendas apenas à granel, não demorou para que seus produtos fossem ao mercado, com os vinhos Campino. Durante anos, essa foi a marca da adega, que mais recentemente lançou a linha de vinhos finos, a Casa Geraldo, que tem rendido reconhecimento internacional ao trabalho.

"A empresa nossa toda vem conquistado vários certificados, vários prêmios. Ano passado foram 35, mais de 20 só de ouro. Esse ano, nos dois mais importantes prêmios que se dão no começou do ano, em Londres, nós conseguimos 15 medalhas. Isso pra nós é um reconhecimento fantástico e quem ganha com isso é o consumidor", destaca Carlos.

Pioneira na produção de uvas da espécie vitis vinifera na cidade, a Casa Geraldo é também responsável pela elaboração do "vinho do padre", um vinho litúrgico ou canônico que tem produção autorizada pela Diocese de São João da Boa Vista-SP e segue normas do Vaticano. Além disso, a adega aposta em um alto investimento para atrair o turista, com um moderno Complexo Turístico Enogastronômico erguido na propriedade. "Como a gente tem sangue novo, a gente vem com muita ideia e a gente está focado em melhorar e mudar tudo com um novo conceito. Queremos deixar nosso legado com a modernização da vinícola, dos parreirais, seguindo a tendência que vem do mercado e dando um toque mineiro", destaca o vitivinicultor.


Vinícola produz vinhos utilizando 20 tipos de uvas (Foto: Portal da Cidade)

E no que depender dos planos do jovem, as novidades da vinícola não devem parar por ai. "Nossa ideia, nossa perspectiva é chegar daqui a 5 anos e você falar que não é o mesmo lugar que foi visitar. Nosso turista vai sempre encontrar coisa nova em estrutura e em vinhos", finaliza Carlos Marcon.


Ao todo, vinícola elabora 30 tipos diferentes da bebida (Foto: Portal da Cidade)

A vinícola, instalada na Fazenda São Geraldo, recebe visitantes que podem conhecer toda a cadeia produtiva e, claro, degustar os trinta tipos de vinhos produzidos no local.

Serviço: Vinícolas Campino e Casa Geraldo

- Localização: Fazenda São Geraldo, Bairro Jaguari - Andradas-MG (no Google Maps)
- Telefone: (35) 3731-1600 / (35) 3731-2735
- Site: www.casageraldo.com.br
- Redes Sociais: Facebook e Instagram
- E-mail: adega@vinhoscampino.com.br
- Horário de atendimento: Segunda a domingo das 8h às 17h30
- Produtos: Atualmente produz 30 tipos de vinhos com cerca de 20 tipos de uvas diferentes
- Visita guiada: Segunda a sexta às 10h e às 15h; sábado, domingo e feriado às 10h, 11h, 13h, 14h30 e 15h30
- A visita guiada custa R$ 22,00 por pessoa com direito a uma taça personalizada e a degustação não tem custo

Fonte:

Deixe seu comentário