Portal da Cidade Andradas

EDUCAÇÃO

Secretaria de Educação anuncia expansão da educação integral em Minas

Escola no distrito de Campestrinho, em Andradas, está entre as instituições selecionadas para novo modelo de ensino

Postado em 28/06/2019 às 13:17 |

Governo dobrou o número de vagas para o segundo semestre (Foto: Pixabay)

A rede estadual de ensino em Minas Gerais ganha uma nova educação integral com expansão no número de vagas e escolas atendidas, a partir do segundo semestre deste ano. Entre as instituições de ensino selecionadas para implantar a mudança, está uma no distrito de Campestrinho, em Andradas.

O modelo traz uma matriz curricular articulada entre as áreas de conhecimento e os campos integradores. Além das matérias regulares da base comum, os alunos vão ter aulas de projeto de vida, cultura e saberes em arte, educação para cidadania, laboratório de matemática, ciências e tecnologia, entre outras disciplinas que passam a fazer parte da matriz pedagógica.

Entre as escolas mineiras que terão a implantação do período integral de ensino está a andradense Escola Estadual Adolfo Firmino Souza Marques, localizada no Distrito do Campestrinho. Na região, duas escolas de Caldas, uma de Santa Rita de Caldas e uma de Ibitiúra de Minas também passarão a ter atendimento em período integral.

Critérios de escolha - Para a seleção das escolas que iniciarão as atividades no dia 29/7, foram considerados os seguintes critérios: ter oferecido o tempo integral no ano passado e solicitado continuidade no Plano de Atendimento para 2019; ter oferta de ao menos uma turma de educação básica; oferecer ao menos uma turma regular com no mínimo 15 alunos para os anos de início da oferta e possuir sala ociosa no contraturno para atender o modelo proposto de oferta progressiva.

As turmas do ensino integral criadas para o segundo semestre não serão mais multisseriadas, ou seja, formadas por alunos de diferentes idades e níveis educacionais, como vinha acontecendo no modelo antigo. A partir de agora, as turmas são únicas, com progressão e trajetória regulares, acompanhamento de frequência também no contraturno e matriz curricular integrada.

Números - O tempo integral será levado a mais 895 escolas nesse segundo semestre, chegando a 533 municípios e com abertura de 34 mil vagas em todas as regiões do estado.

Fonte:

Deixe seu comentário